quinta-feira, 25 de maio de 2017

Pin-ups trevosas do Brasil (post em parceria com a @violet.coffin)

Hell-o, trevosinhas!

Esse post é mais um da série de indicações de alternativas pela internet à fora! Eu pedi a colaboração da Raquel Hübner (@violet.coffin) que me indicou várias meninas que eu ainda não conhecia e vou apresentar pra vocês nesse post e quem sabe em mais uns dois! Vocês sabem que apesar do último post da série ter sido sobre gringas, eu prefiro sempre falar de brasileiras. E eu gosto de mostrar as mina BR mermo! Pra mostrar que aqui no Brasil tem muita inspiração sim, e que não é só as gringas que arrasam no estilo! 

As minas que eu vou mostrar hoje tem variações de estilo, mas todas com o estilo voltado pro pin-up, rockabilly, fetichista, burlesco... Ok? Preparadas pra ficarem com vontade cortar bettie bangs? <3



Posso falar? A Raquel tem a franja mais bonita do Brasil. Essa V bangs dela é maravilhosa! A Raquel tem um estilo que eu particularmente acho parecido (porém em tons mais escuros) com o da Wanda, personagem do filme Cry Baby. Ela me ajudou MUITO nesse post que vocês estão lendo, e além de comentar o quanto ela é estilosa, autêntica e linda, eu queria também agradecer a ela pela ajuda! Essa linda tem uma loja chamada Amô Mimeria que vende roupas e acessórios para pin-ups! Inclusive, olhem os brincos de teia de aranha, recomendo! <3

Rosana Barrera (@bettiefromhell)


Eu gosto tanto do estilo dessa mulher, que confesso que não é a primeira vez que posto sobre ela aqui nessa série! UHAUAHUAHUAHUAHUAH Já falei da Rosana nesse post e tô falando dela de novo porque agora ela tem um blog! Visitem lá que tem mais fotos desse look com a saia listrada na foto acimam e as fotos ficaram muito lindas! Eu gosto do estilo dela porque às vezes ela parece aquelas viúvas ricas e jovens da época da Segunda Guerra Mundial, sabem? Aquelas que ficavam viúvas aos 22 porque o marido foi lutar na Guerra e morreu, e aí herdavam todo o dinheiro deles! Eu adoro muito a Rosana, porque além da beleza óbvia, ela é super querida, um doce de pessoa! <3

Dracurella (@dracurella)


Essa mina eu vou falar pra vocês, viu? Que mulher! Eu amo esse olhar blasé que ela tem, fala sério, que mulher é essa, Braseeeel? Além de se vestir super bem, fotografar super bem, ter o olhar mais blasé da história da face da Terra, ela tem uma loja LINDA chamada Dracurella Headpieces que tem as casquetes mais lindas que eu já vi! Inclusive eu escolhi tirar print justamente dessa parte do insta dela que mostra algumas casquetes da loja (eu super quero essa de chapéu de bruxa). Eu acho massa que ela tem uns looks super originais, tudo dentro do estilo pin-up! :)

Larissa Romaszkiewicz (@murderqueen)


A Larissa é queen e não é à toa. Ela foi a primeira pin-up que eu vi no Instagram e acho que já tem bem mais de dois anos que vejo ela crescer nas redes sociais, hoje em dia ela faz campanha pra Lush, pra Smash Box... Blogayra phyna mesmo, viu? Recentemente ela criou um blog onde ela fala de cabelo, make, filmes e etc. Ela é formada em Moda e eu lembro de ter visto em algum lugar que ela trabalha na Madame Sher!!! A mulher é poderosa meixmo, viado! Ela maqueia muito, muito bem (eu tô falando sério), e acho que ela mescla o gothabilly com o fetichismo MARAVILHOSAMENTE. É uma deusa mesmo! Ela e as outras três divas acima formam o @thehorrorqueens, que é um squad de pin-ups from hell!

Bruna Santos (@1love1grief)


A Bru é tão rainha pra mim, que não é a primeira vez que eu falo dela aqui no blog. Esse post aqui foi quando eu indiquei ela pela primeira vez :) Só que ela tá cada vez mais pin-up, principalmente desde que ela cortou o cabelo curtinho. O blog dela continua maravilhoso, tá sempre atualizado, sempre com posts maravilhosos e continua sendo um dos melhores do Brasil. Quis indicar ela de novo porque ela tá ficando mais e mais pin-up a cada dia que passa e eu admiro cada vez mais o estilo dela, e porta que pariuuuu, as indicações de filme dela só melhoram também! Dica: procurem os posts de filmes dela! <3

Amanda Kirsche (@amandakirsche)


A Amanda eu não conhecia e foi uma das indicações da Raquel, e meu, QUE MULHERÃO DA PORRA! Ela tem uns looks super clássicos e elegantes, combinações que eu gostaria de ter, de verdade! E quase tudo preto! Eu acho muito massa que ela usa alargador e tem algo no rosto dela que me remete muito ao punk rock também, não sei explicar, só sei que acho massa! AHAUAHUAHUAUA Ela é designer de moda, aprendiz de tatuadora e personal stylist! Foi uma dica que eu amei ter da Raquel e acho que vocês vão gostar também! <3

Jumana Morabi (@devilwisheshewasme)


Outra que eu não conhecia e foi indicação da Raquel. Na hora que abri o insta dela eu pensei: "gothabilly to the core"!!! Aí fui descendo o perfil e fui vendo uma coisa mais vintage, alguns looks mais urbanos, Ela não tem muitas fotos (e eu espero sinceramente que ela poste mais e mais) , mas o perfil dela é 10/10, viu? As fotos dela são muito lindas e eu quero raspar a sobrancelha só pra ficar com uma sobrancelha parecida com a dela! UAUAHUAHUAHUAH <3

E aí, o que acharam das indicações? Cada uma dessas minas é um belo "cala a boca!" pra quem diz que no brasil não tem pin-up de respeito, que preferem procurar tendências gothabilly nas gringas e tudo mais. Eu acho que tem um monte de mulher FODA aqui no BR que deixam muita gringa no chinelo, e eu quero mesmo mostrar mais dessas mulheres pra vocês! Vai ter mais post sim, fiquem no aguardo!

P.s.: Raquel, obrigada de verdade pela ajuda e por indicar minas tão lindas <3

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Darkoutfit: Gorda sim, metaleira também

Say hello from darkness!

Fazia tempo que eu não trazia darkoutfit, né? Maio foi um mês que eu decidi me focar um pouquinho mais na faculdade e um pouquinho menos aqui. Apesar disso, não deixei de postar, só não postei com a frequência do BEDA! Estava eu aqui em casa bem de boas, e parei pra pensar que mais uns dias e o último Darkoutfit que postei completa um mês. Na hora pensei: "Vou fotografar essa roupa mesmo!" E foi assim que saiu o look! Querem ver como ficou?




Pouco antes de fotografar esse look, eu tava preparando um post aqui pro blog (que sai quarta-feira!) e aí tava procurando fotos e achei uma da Nadia Aboulhosn. E eu lembrei do que eu pensei a primeira vez que vi fotos dela: "Como ela posta foto com a gordurinha aparecendo?" E cara... Acabei rindo um monte ao lembrar de como eu era boba. Porque lentamente eu venho me desprendendo de pensamentos assim, sabe? Ela mostra a gordurinha porque faz parte do corpo dela, pôxa vida! E hoje eu resolvi mostrar minhas gordurinhas pra vocês!




Hoje em dia eu já penso que a Nadia nem é tão gorda assim. Ela tem por volta dos 70kgs, gente! HAHAHAHAHAHAAHAHA 70kgs são 50kgs a menos do que o meu peso! São 5kgs a mais que um peso "aceitável". Mas ok. Lembrei também da Tess Munster e sua campanha maravilhosa de mandar os padrões de beleza irem se foder! A real é a seguinte: eu não quero ficar nesse peso a vida toda, se eu pudesse escolher, eu teria 75kgs, porque se tem algo que eu não me imagino é eu magra. Mas enquanto eu estou nesse peso eu estou me amando, e se eu engordar ou emagrecer eu vou continuar me amando! Auto-estima não é algo que você ganha ou perde de acordo com o número de kgs que você tem. É um exercício diário. Não tem receita de bolo pra auto-estima. Mas uma coisa é certa: comece olhando o que você gosta em si mesma e vai descobrir o quanto você se ama (e nem sabia!). 

 

Pra completar o look caseiro (eu tava só com a camisa do Metallica e a legging preta), eu adicionei o cinto 8520 da Dark Fashion e troquei as pantufas quentinhas por esse meu tênis da Kolosh que minha mãe me deu e não sai do pé. Tirando o cinto e o tênis, é assim que eu fico em casa: camiseta de banda, legging ou shortinho, cabelo sempre preso em um coque alto, 0% de maquiagem e uns gatos bonitos do lado. O colar de camafeu (que eu tô usando sem tirar do pescoço desde ontem) é da Ravenous Loja, como vocês viram nesse post de unboxing aqui, lembram? E vocês sabem que usando o código de desconto VULTUSPERSEFONE dá pra ganhar 10% de desconto no fim das compras, né? Então dá uma olhadinha lá!

Enfim... Pra resumir esse post, que é uma espécie de darkoutfit filosófico, eu só queria dizer que existem mil coisas mais importantes na vida do que ser bonita, mas que cada um tem a sua beleza e todas as belezas são exóticas e diferentes, porque não existe ninguém igual nesse mundo! Então não importa (de verdade, não importa mesmo) se você é super magrinha, se tem o meu peso, ou o peso da Nadia, ou o peso da Tess... O que importa é que você se sinta bem consigo mesma, porque beleza vem de dentro pra fora! Então eu queria convidar vocês a se amarem e não serem tão carrascas com vocês mesmas, ok? Aqui encerro o post e até quarta com post novo! <3

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Universo Alternativo: Coleção de fotos que nunca publiquei

Say hello from weirdness!

Como vocês sabem, eu participo do Projeto de Escrita Mensal do grupo onde blogueiras e leitoras trocam links, informações, participam de projetos e até mesmo fazem amigo secreto: o Universo Alternativo! Esse projeto é criado pela Jaqueline Campos, do blog 4shphyxi4 e é um dos projetos que eu mais gosto de participar! O tema desse mês é Coleção de fotos que nunca publiquei e bom, acho que deu pra entender qual a pegada, né? Vou selecionando aleatoriamente algumas fotos que eu gosto pra postar aqui, com a condição de eu nunca ter postado elas! Vamos começar?

Se preparem para muitas fotos!!!






























Muitas dessas fotos eu confesso que não postei porque fiquei me sentindo muito gorda. Em muitas fotos tem celulite aparecendo, gordura fora do lugar e etc. Sempre me privei de postar fotos que evidenciassem demais minha gordura. E isso é algo que eu ainda não aprendi a não fazer. Em algumas me achei estranha, outras achei bonitas, porém sem sentido e tudo isso foi acumulando na minha pasta de fotos pessoais. Em algumas fotos eu tô mais high que o Snoop Dog e em outras eu tô até fumando, aí umas pessoinhas que graças à Deusa não estão mais na minha vida e eu espero que não me stalkeiem mais fizeram muito mimimi por causa disso e na época eu não queria me incomodar, então excluí. Mesmo hoje não tendo motivos para não postar esse tipo de fotos eu acabei perdendo a vontade de postar fotos assim no Insta, deixo mais pro Snap mesmo.

É muito foda ler o parágrafo acima e ver que eu não postando essas fotos acaba me fazendo negar quem eu sou. E sabem de uma coisa? Se negar não é bom pra ninguém. É por isso que enchi esse post de fotos que eu adoro e que fiquei negando o quanto gostava delas e queria ver elas representando quem eu sou pela internet afora! Então queria agradecer a oportunidade que a Jaque nos deu de poder trazer essas memórias boas e de mostrar um pouco melhor quem nós somos, né? Beijão e até o próximo post!

P.s.: atualizo os links das demais participantes à medida que elas publicarem seus posts :)

Participantes:

sábado, 13 de maio de 2017

Projeto #ConhecendoLojasAlternativasBrasileiras: The MysticBox

Say hello from the circle!

Como vocês sabem, o Projeto: #ConhecendoLojasAlternativasBrasileiras segue firme e forte, e por isso nós vamos para mais uma entrevista! Apesar dessa marca não ser exatamente uma loja e sim um clube de assinaturas, eu achei super interessante entrevistar a idealizadora da The MysticBox.  A Dani Prezzotto teve a ideia de fazer um clube de assinaturas de esoterismo e bruxaria aqui no Brasil. Eu achei a ideia GENIAL e venho conversando com a Dani desde que vi o primeiro vídeo da MysticBox no canal da Bru Gadini. Aí surgiu a ideia de entrevistá-la para o projeto! Vamos começar?


1) A ideia de ter uma caixa de itens surpresa de magia e/ou esoterismo era algo que não existia ainda no Brasil. O que te levou a ter essa ideia?

Depois de algum tempo trabalhando em empresas privadas com controle de qualidade industrial e em áreas comerciais de três grandes empresas, decidi ter meu próprio negócio. Sondei o que havia de novidade no mercado online e então encontrei este formato incrível que vinha a cada dia ganhando mais consumidores e interessados. É um formato bem conhecido nos EUA, lá chama-se Mystery Box ou Box Subscriptions. No Brasil a ideia chegou em meados de 2013 e então devido ao sucesso crescente resolvi investir nesse seguimento e, para a minha surpresa, não havia nenhum clube esotérico. Então após muita pesquisa de mercado e de empreendedorismo, resolvi abrir o Clube. Sou Engenheira Industrial Química desde 2003.

2) Qual foi o maior desafio em ter criado a Mystic Box? Em algum momento rolou medo do público brasileiro não consumir?

O maior desafio foi encontrar fornecedores de embalagens que fizessem embalagens em quantidade suficiente para um clube que está acabando de entrar no mercado. Empresa pequena sofre neste país. Sofre preconceito. Sim, acredite nisso. Empreendedores de micro empresas no Brasil sofrem preconceito de grandes fornecedores de serviços porque eles não enxergam em nós potenciais clientes com grandes pedidos e consequentemente grandes lucros. O que deveria ser o contrário, pois são as pequenas empresas que viram os grandes negócios e que em cenários econômicos de crise como o nosso atualmente é responsável em ajudar que o capital continue girando no mercado. Não defendo intromissão do Estado com leis para isso, mas defendo sim algum tipo de regulação que evite que os micro empresários sofram preconceitos que o prejudicam em seu crescimento. E claro, não posso deixar de citar o fato dos correios serem também um grande desafio. Uma empresa que não há concorrência, possui o monopólio de logística neste país com lucro de 4 bilhões em 2016 nos oferecer um serviço tão ineficiente e de péssima qualidade é algo sem explicação. Coisas de Brasil. Os correios é certamente um grande desafio para qualquer comércio online. Alô gente, vamos privatizar os correios e liberar a concorrência? Só no Brasil encontramos esse tipo de situação.

Sobre o medo do público não consumir, sim houve esse medo sim. Qualquer pessoa que esteja abrindo um negócio terá esse medo. Mas o medo é bom para quem sabe usá-lo a seu favor. Converta as inseguranças em estratégias and go on!

MysticBox comemorativa de Litha no centro
3) Sabemos que a Wicca é uma linha da magia muito atrelada à tradições de antigas culturas europeias. Na Europa, a maioria dos praticantes da Wicca seguem a Roda do Ano pelo Hemisfério Norte, e muitos praticantes do Brasil também. O que te levou a fazer uma caixa pensando no público que segue a Roda pelo Hemisfério Sul?

A Wicca é muito atrelada a tradições antigas europeias, mas veja bem: A Wicca não comemora ou segue feriados e sim o ciclo da natureza. É claro que nos países do Hemisfério Norte as pessoas seguirão a roda do norte. Não vejo sentido ser o contrário já que lá em dezembro é realmente solstício de inverno, por exemplo. A pergunta que eu faço: vemos por acaso pessoas do hemisfério norte comemorando o inverno quando lá é verão e todos estão finalmente saindo de suas casas após meses de gelo e/ou neve ou frio intenso?

Há, no hemisfério sul, quem siga a roda do norte ou mista, quer dizer: comemora os solstícios e equinócios de acordo com seu hemisfério e para os outros 4 Sabbats seguem a egrégora. Não sou contra esses sistemas e entendo todos os argumentos de quem segue fora da roda do ciclo local da natureza. Só aconselho aos Neófitos que antes de tentarem se beneficiar de egrégoras que se encontrem e conectem com a natureza de acordo com o local em que vive. Após o conhecimento, entendimento e total conexão com os ciclos naturais, comece então trabalhar egrégoras. Antes disso acho que não convém e não faz com que o Neófito sinta em sua Alma o real significado da Bruxaria ou da Wicca. Após a vivência e completo entendimento da Magia Natural, daí sim acredito que não há nenhum motivo para seguir a roda como bem entende e trabalhar as egrégoras a seu favor.

4) Em todas as caixinhas da Mystic Box vemos itens e especiais e que lojas os produzem. Como foi a experiência de buscar fornecedores, conversar com lojas e apresentar a ideia da Mystic Box?

Um dos meus fornecedores ainda não tinha entendido o formato de clube de assinatura até mês passado. Agora todos entenderam, é algo realmente novo pra eles. Não houve dificuldades para achar fornecedores e distribuidores. E os artesãos fazem itens exclusivos para a MysticBox entenderam e amaram a ideia.
  
5) Você pensa em fazer versões diferentes da Mystic Box? Ex.: Mystic Box bruxa do Hemisfério Norte, caixas especiais de elementos ou estilos de bruxaria, assinatura especial de Sabbats e Esbbats, etc.

Pretendo no futuro voltar com a versão esotérica. Houve pouca procura pela caixa esotérica, mas no momento apropriado voltaremos com ela.

Cálice que foi enviado em uma das caixas
6) Sei que você pratica magia há alguns anos. Como faria diferença na sua vida se você pudesse receber uma caixa com itens específicos para celebrações bruxas e/ou dia-a-dia na magia quando começou a praticar?

Conheci a wicca em 1999 no antigo grupo de discussão Templo da Deusa que era liderado pela Mavesper Ceridwen e pelo Claudiney Prieto. Meu primeiro livro foi dele. Também faço parte da Antiga e Mística Ordem Rosa Cruz desde 2001. Sabe, se naquela época tivesse algo parecido teria me ajudado muito, receber em casa um kit com tudo o que eu precisaria e ainda instruções de como utilizar cada objeto teria sido muito útil para começar sem medos a realizar os rituais, seria como se um mestre estivesse me guiando em todo o ritual.

7) Realizar um serviço como esse para a comunidade bruxa/esotérica brasileira é muito sensível e bonito. Sabemos que não é em todos os lugares que as pessoas conseguem encontrar itens necessários para suas práticas. Qual a sensação de levar isso para as pessoas?

Eu me sinto muito realizada. Quando comecei planejar o clube não imaginei que hoje em dia o mercado estava tão necessitado de algo voltado exclusivamente para os Bruxos. Devido as minhas experiências profissionais anteriores confesso que me afastei bastante do meio pagão, o que me arrependo hoje profundamente. Recebo mensagens de assinantes me dizendo o quanto a MysticBox tem mudado suas vidas e isso me deixa sem palavras. Fiz amigos lindos e fico muito feliz em poder ajudar quem está começando ou quem já não é mais neófito. Eu sou uma Bruxa também e tudo o que e faço e coloco nas caixinhas é com muito amor para meus irmãos Bruxos. Devemos nos unir porque só nós sabemos o que temos que enfrentar todos os dias para defender o que realmente acreditamos. Ainda mais com a onda de conservadorismo cristão que vem crescendo a cada ano.



8) Que dicas você dá para quem está iniciando na Wicca?
A minha dica é CONECTE-SE COM A NATUREZA antes de tudo. Não há como ser Wiccan ou Bruxo Natural sem conexão com a natureza. Observe as manifestações da natureza desde o amanhecer do dia até o anoitecer. A noite, observe o firmamento, as estrelas, o braço da Via Lactea, a Lua e a sua mudança a cada noite; entenda os dias em que ela se transforma e aprenda a influência dela em nosso planeta a cada fase. É claro que, se influencia o Planeta Terra, nos influenciará também. Por isso eu friso a importância de quem está começando na Bruxaria em seguir a roda da natureza (ou do ano) conforme o local que vive.

Se for mulher, aceite-se como mulher. Conheça seu corpo e toda a benção que é ser mulher; somos geradoras da Vida! Ame seus ciclos: a época da menstruação é a nossa época de poder!! Mulheres que se conectam com a natureza e a Lua tem seus ciclos menstruais regulados com as fases. Eu por exemplo tenho meu ciclo regulado com a Lua há 15 anos e não preciso de medicação para controle de natalidade, cólicas e nunca tive problemas relacionados aos meus aparelhos reprodutores. A energia feminina é Lunar.

Se for homem, reconheça a importância da mulher e seu real poder como geradora da Vida. Respeite-a e entenda que o masculino não existe sem o feminino e não é a força física que fará o macho ser superior a fêmea. Conecte-se com a natureza como mencionado acima. A energia masculina é a Solar.

Bastão enviado em uma das caixas
E para finalizar, mas nada menos importante, leia sempre. Compre livros ou os baixe pela internet (a maioria encontra-se na rede em PDF). Estude. Estudo magia, misticismo e bruxaria há 18 anos e quanto mais eu leio e aprendo, mais eu vejo que não sei nada. O aprendizado é eterno portanto o estudo também. Algumas pessoas acham que podem substituir livros e estudos por mestres. Desculpe, isso é uma grande mentira. Mestres não irão te dar caminhos fáceis ou lições “mastigadas” para ser escrito no seu caderno como se fosse uma aula da escola, irão apenas orientar no caminho e tirar dúvidas que surgem a todo momento. Mestres que cobram e agem como professores, dispensando o caminho pessoal de descobrimento que cada pretendente a estudante ou praticante de magia deve seguir, é perigoso. Fique de olhos abertos. Mestre não forma magos e bruxos, apenas orienta.

9) Quais as novidades que podemos esperar da Mystic Box?

Teremos algumas novidades em breve, estamos no processo de aumentar o Clube para melhor atender a todos. Estamos estudando a possibilidade de oferecer as edições anteriores, em quantidade bem limitada, para aqueles que não tiveram a oportunidade de adquirir. A edição do caldeirão, por exemplo, foi bem comentada e muitas pessoas que ficaram sem me escreveram pedindo que eu fizesse uma edição especial com ele. Estamos nos planejando para algo nesse sentido.

Rafaela, muito obrigada por me escolher para esta entrevista. Foi uma surpresa pra mim e é uma honra estar em seu Blog! Foi um prazer responder as perguntas, contar um pouquinho sobre a MysticBox e sobre mim.

Desejo a todos uma vida Iluminada, com Harmonia e Paz!

Aos meus irmãos Bruxos, Blessed Be♥

Aos meus irmãos da minha venerada Ordem, P.’.P.’.

Gratidão♥

___________________________________________________________________________________________

Eu queria agradecer muito à Dani, que foi super querida desde o começo e é uma pessoa muito maravilhosa para conversar sobre magia. O pouco de informação que trocamos só me deu mais certeza de que esse projeto tá sendo tocado pela pessoa certa! Eu boto muito fé na MysticBox! <3

E pra vocês aí que estão lendo o post, meu muito obrigada de sempre e eu espero que vocês tenham gostado de conhecer essa iniciativa maravilhosa! Um beijão! <3 <3 <3

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Unboxing: Ravenous Loja

Say hello from Transilvania!

Semana passada eu recebi uma caixinha da minha parceira querida, a Ravenous Loja! A Estefani, que é a dona da loja (e blogueira) falou para nós, parceiras da loja, escolhermos produtos que queríamos receber. Isso é muito legal porque existem muitas peças da Ravenous que são super conhecidas e icônicas, e tenho certeza que as outras meninas ficaram muito felizes de poderem escolher algumas delas, assim como eu fiquei! Eu escolhi 3 peças e a Estefani me mandou mais uma da nova coleção. Vamos ver?


Eu pedi os colares Witch e Triluna, e também o par de brincos I'm Really a Dark Mermaid. Esses três itens eu queria há muito, muito tempo mesmo, eram peças-desejo! Principalmente o colar de witch,eu quero ele desde que eu conheci a loja! Também recebi o camafeu Nosferatu, e quando eu recebi eu fiquei horas tentando lembrar o nome Nosferatu e não conseguia! Quando finalmente lembrei fiquei confusa se era Nosferatu mesmo! UHAUAHAHUAHUAH #sincera

Camafeu Nosferatu - R$ 20,00
Colar Witch | R$ 25,00

Brincos I'm Really a Dark Mermaid | R$ 35,00

Colar Triluna | R$ 25,00
Perdoa os cílios retocados no aplicativo de maquiagem das duas fotos do meio, eu tava sem rímel porque roubaram minha bolsinha de maquiagem, mas como podem ver na primeira foto, eu já comprei! UAHUAHUAHUA Porra, sem rímel dificulta a vida, né? 

Mas enfim, queria aproveitar esse espaço pra falar da extrema qualidade dos produtos da Ravenous, os quatro primeiro produtos que eu recebi fazem parte do meu dia-a-dia (como vocês podem ver no vídeo abaixo), e se você tá pensando em comprar acessórios diferentões e bem bonitos, é só entrar no site deles! Pra comprar com desconto de 10% no fim das compras, é só usar o código: VULTUSPERSEFONE. Na imagem abaixo, minha wishlist atual da Ravenous! <3


Sério, olha que coisas lindas! <3 Eu não tenho nenhum choker da Ravenous ainda, logo eu, a louca das chokers! UHAUAHUAHUAH E pra finalizar o post, eu deixo o vídeo no YouTube mostrando meus recebidos da Ravenous! <3 <3 Beijão e até o próximo post, que vai ser uma entrevista!