Pin-ups alternativas brasileiras (Parte III)

by - agosto 16, 2017

Hello, fãs da Dita Von Teese! (Quem não, né?)

Hoje eu resolvi trazer pra vocês mais algumas indicações de pin-ups alternativas! Já fiz o post 1 e o post 2 falando sobre essas mulheres maravilhosas que eu vou descobrindo no Instagram. O Instagram pra mim é uma puta rede social pra isso, além das indicações da Raquel Hübner, eu acabei descobrindo várias outras minas que tem essa pegada de ter um guarda-roupa mais vintage, mas sendo bem horror ladies. As mulheres que vou compartilhar com vocês hoje são uns mulherão da porra! Vamos começar?

P.s.: um recadinho pras moças desse post e dos posts anteriores (e dos que virão): vocês influenciam e muito várias minas que admiram o estilo de vocês, se baseiam no que vocês vestem e usam, no empoderamento de vocês, e o melhor disso é que vocês são brasileiras e mostram que aqui no Brasil tem referência o suficiente!



A Sarah (além de ser uma deusa que foi enviada dos céus para habitar a Terra) é modelo alternativa e uma das maiores pin ups alternativas da cena. Ela ganhou recentemente um concurso de pin-ups, o Miss Pin-Up The Sailor 2017, pra vocês verem o poder dessa mulher! Eu gosto do estilo da Sarah porque ela mistura com outras estéticas de subculturas. Já tem até certo tempo que acompanho o trabalho dela como modelo, porque a bicha é muito famosa nas marcas alternativas. Eu realmente admiro muito ela e esse estilo dela. Fora que eu adoro pin ups de cabelo colorido! <3



Quem assiste RuPaul's Drag Race está acostumado com a expressão "painted for the gods". Significa que a maquiagem da pessoa é tão maravilhosa que é um trabalho para os deuses. A Glasya não é drag, mas o rosto dela está sempre pintado para os deuses. Ou melhor, for Satan. Essa demôniazinha conquistou meu coração com essa beleza clássica. Essa mina tá arrasando demais no blog dela, o Carpe Noctem, que inclusive é parceiro aqui do Vultus Persefone. Sempre tem posts sobre a história de algo, sobre peças que ela usa, looks e muito mais. Ela é muito horror lady, e foi no blog da Glasya que eu descobri o nome da pin-up abaixo... Aliás, nesse post.


A primeira coisa que eu vou falar da dona Lady Falkor é o seguinte: MOÇA, POSTA MAIS FOTOS SUAS POR FAVOR. OBRIGADA. Essa mulher é lindemais, gente! Olha esse rosto dos anos 20, que coisa mais rica! Ela é muito diva alternativa e tem um estilo bem vintage, bem horror lady também. Ela foi uma indicação da Raquel que eu guardei no coração desde maio pra fazer esse post agora (se eu não guardasse ia ter 20 meninas em um post só UAHAHUHAUAHUAHUA) e não é que foi melhor assim? Foi melhor porque quando a Raquel me mostrou o insta dela, eu não reparei que ela tinha uma loja maravilhosa de lingerie chamada Lilith Atelier, e agora eu posso divulgar também o trabalho dela como estilista! E logo mais sai o post de renovação na wishlist e eu já aviso que vai ter item de lá... AUHHAUHAUHAU



Outra que eu me sinto na obrigação de falar: MOÇA POSTA MAIS FOTOS! A Bruna é um tapa na cara da sociedade que diz que pin up tem que ser branca. Aqui tem pin-up negra sim, e tem pín-up negra e de coração trevoso! Me diz se não dá vontade de ser amiga dessa mulher, de andar junto com ela no recreio? Eu acho massa porque ela sempre usa a hashtag #blackpinup, o que ajuda a divulgar ainda mais as pin-ups negras! E ela é bruxiane que nem eu, como não admirar? <3 Mas Bruna, fica o recado: POSTA MAIS FOTOS. Obrigada, 2bjs.



A Cintia é essa criatura do sorriso fofo que eu conheci quando ela virou alt model da Dark Fashion. Aliás, não apenas modelo alternativa. Modelo alternativa plus size. E pin-up. E tatuada. A coisa mais linda! <3 E ela é representante das minas tatuadas, seja sendo modelo do insta Gibi Girls ou ganhando o Miss Âncoras Tattoo Fest. E também representante das plus size, e cara, como eu amo poder indicar minas plus size no meu blog. <3

Eu espero que vocês tenham gostado das indicações de hoje. Eu sei que o post ficou ótimo porque eu só indiquei mina foda. Espero que vocês tenham gostado, e se tiverem mais minas pin-up brasileiras pra me indicar, comentem aqui, me chamem no Facebook, no Insta, enfim, onde precisar, mas me avisem! Não quero deixar de enaltecer essa cena! <3

You May Also Like

6 comentários

  1. Olá Rafa!
    São todas lindas!
    Conheci a Carolina através da loja dela (que por sinal babo litros e litros) sem contar o estilo dessa mulher,que coisa linda.
    Fiquei boba Glasya, primeiro que mulher linda e estilosa. Segundo: que blog! Gostei dos temas que ela que aborda, não é todo mundo que gosta falar sobre religião, e maioria que "discute" sobre o temas polêmicos como diria a minha mãe, são completamente desrespeitosos.
    Sem contar que ela sabe colocar muito bem sua opinião em palavras. Gostei muito dela.
    Que bacana poder encontrar alguém que tu pode discutir um determinado assunto que sabe respeitar sua opinião. Que venham mais pessoas assim no mundo virtual e real por favor!!!
    Um beijo enorme Rafa! VOLTA LOGO!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Guria, a Glasya é realmente sensacional!
      E cada vez eu só gosto mais do trabalho da Carol <3
      E eu tô voltandooooo!
      Eu tô bem desorganizada na casa da minha mãe e nunca conseguia arrumar tempo ou lugar pra parar e poder escrever! No dia que eu mais tô na correria resolvi arrumar UYAHUAHUAUAH
      Beijão e obrigada pelo carinho de sempre <3

      Excluir
  2. Impossível não amar teus posts sobre pin ups alternativas <3 Sempre descubro novos crushs HAUHAHU Adorei as meninas do post de hoje, muitas já conhecia, mas mesmo assim é ótimo lembrar.
    beijão

    ResponderExcluir

• Comentários agressivos à autora ou aos leitores do blog não serão aceitos;
• Todos os comentários são respondidos, mesmo que demore uns dias. Se quiser acompanhar a resposta ao seu comentário, clique em "Notifique-me" que fica pertinho da caixa de comentário :)
• Se tiver blog, comente o link dele pra eu retribuir a visita :)
• Sua opinião é super importante e é o que me motiva a continuar postando. Obrigada desde já por comentar!